AUTORIDADES ANGOLANAS NO SILÊNCIO PERANTE IRREGULARIDADES NA CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA ANGOLA-TURQUIA

Há mais de quatro meses que a Câmara de Comércio e Indústria Angola-Turquia vem registando um “assalto à sua presidência”.

Por conta de denúncias que o Portal “A DENÚNCIA” tem estado a fazer, Sérgio da Conceição, que tomou a presidência de forma ilegal, com base em nossas fontes, está agora a mandatar o seu antecessor – outro ilegal e que também nunca pagou quotas, por isso foi afastado da organização – para representá-lo em todos os actos praticados pela Câmara de Comércio e Indústria Angola-Turquia. Perante esta usurpação de poder na CCIAT, que já vem se arrastando há meses, as autoridades angolanas ainda não intervieram nem se pronunciaram sobre o assunto.

A equipa de Fernando Filó, legítimo presidente, lamenta também o facto de o PCA da AIPEX, Eng. António Henriques da Silva, e a Embaixada Turca em Angola, estarem em silêncio perante esta quezília na CCIAT, “mesmo depois de terem sido informados sobre o que está a ocorrer naquela organização”.

“Não é de agrado e nem se percebe como é que a AIPEX e a Embaixada Turca, sendo instituições de estreita ligação com a CCIAT, fiquem no silêncio total diante do que está a acontecer, tudo provocado por alguém que a AIPEX e a própria Embaixada Turca sabem que foi um trabalhador-contratado e suspenso, e que agora está a representar o presidente legítimo”, queixa-se a equipa de Fernando Filó.

No carta-denúncia enviada a nossa redacção, o staff de Filó promete: “o cartório, onde Sérgio da Conceição e sua equipa foram reconhecer as supostas actas que o reconhecem como presidente, será responsabilizado porque não se deve reconhecer uma nova acta, sem se comprovar a primeira, que está com o presidente legítimo, eleito, Fernando Filó.

O Portal “A DENÚNCIA” chegou a convidar Sérgio Campos da Conceição para um frente a frente com o legítimo presidente, Fernando Filó, para se esclarecer publicamente o que se passa na Câmara de Comércio e Indústria Angola-Turquia.
Sérgio da Conceição negou, alegando que o assunto está a ser tratado pelos seus advogados e que “a imprensa não é o meio para se esclarecer estes assuntos”. Mas, volvidos quase meio ano, a contenda perdura.

Carlos Alberto

http://adenuncia.ao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Não é possível copiar o conteúdo desta página
ENVIAR MESSAGEM
Estamos online
Ola podemos te ajudar??